30 de novembro de 2010

Brega


Adorei o que minha sobrinha Maria Rosa escreveu em seu perfil do Facebook:
 
2011 é o ano de renovar!
Começe mudando do vinho para a água.
Do castelo para o apê.
Do peito de peru para o presunto.
Tem coisa mais brega do que você querer ser algo que você não é?

De acordo!

Ética da Transformação


Segue abaixo uma resenha que fiz à partir da leitura do capítulo 2, Ética da Transformação, do livro Reforma Íntima sem Martírio de Ermance Dufaux e que apresentei no meu curso da Doutrina Espírita no ano passado. As aulas foram fundamentais no meu crescimento pessoal, auto conhecimento e início da reforma íntima. E eu devo muito à minha orientadora Sonia Maria Geraldes do Grupo Espírita "Os Peregrinos".

Na minha opinião, quem não acredita na mudança do outro não tem condições de acreditar em si mesmo.

 
“Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral (...)”
O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XVII – item 4

A palavra Ética é originada do grego ethos, (modo de ser, caráter) através do latim mos (ou no plural mores) (costumes, de onde se derivou a palavra moral.). Em Filosofia, Ética significa o que é bom para o indivíduo e para a sociedade, e seu estudo contribui para estabelecer a natureza de deveres no relacionamento indivíduo - sociedade.
Define-se Moral como um conjunto de normas, princípios, preceitos, costumes, valores que norteiam o comportamento do indivíduo no seu grupo social. Moral e ética não devem ser confundidos: enquanto a moral é normativa, a ética é teórica, e buscando explicar e justificar os costumes de uma determinada sociedade, bem como fornecer subsídios para a solução de seus dilemas mais comuns. Porém, deve-se deixar claro que etimologicamente "ética" e "moral" são expressões sinônimas, sendo a primeira de origem grega, enquanto a segunda é sua tradução para o latim.
Tanto “ethos” (caráter) como “mos” (costume) indicam um tipo de comportamento propriamente humano que não é natural, o homem não nasce com ele como se fosse um instinto, mas que é “adquirido ou conquistado por hábito” . Portanto, ética e moral, pela própria etimologia, diz respeito a uma realidade humana que é construída histórica e socialmente a partir das relações coletivas dos seres humanos nas sociedades onde nascem e vivem. (Fonte, Wikipédia)

Reforma Íntima é processual, obedece a uma sequência. Caráter, temperamento, valores, vícios, hábitos e desejos são alguns caracteres que podem ser reformados ou aprimorados.

O que impede, dificulta a mudança e o crescimento? É o interesse pessoal, vícios do ego repetidos durante várias existências e que cristalizaram a mente.

A Reforma Íntima é a libertação do “império do eu”. Atender os nossos desejos e aspirações pessoais nos levou a escravização. Negar a si mesmo, esvaziar-se de si, tirar a máscara é o objetivo maior da Reforma Íntima e o grande desafio a ser seguido pelos que optam pela Doutrina Espírita.

Meio prático e eficaz de conseguir a reeducação de nossa personalidade manhosa e egoísta: o auto conhecimento. O auto conhecimento é um mapa de como chegar ao “eu verdadeiro”, à consciência. Mas esse processo não pode ser feito apenas com o mapa, necessita de suprimentos morais preventivos e fortalecedores, necessita de uma ética de paz consigo próprio. Não basta apenas se conhecer, é necessário se aceitar, caso contrário cairemos sempre nas perigosas ameaças de culpa, auto punição e baixa auto-estima, causando o martírio. É preciso uma ética que assegure que essa transformação pessoal tenha um resultado libertador de saúde e harmonia interior.
“Tomar posse da verdade sobre si mesmo é um ato muito doloroso para a maioria das criaturas.”

E a Doutrina Espírita é inesgotável manancial no alcance desse objetivo por causa de seu conteúdo moral.

A prática essencial e meta fundamental dos Bons Espíritos são a melhora da humanidade, a formação do homem de bem. Os recursos didáticos da Doutrina são para aprendizado do Amor - finalidade maior de nossa causa. Na falta do amor, todos os recursos perdem seu sentido divino e primordial. Fica evidente a urgência da edificação de laços de afeto nos grupos humanos para a fixação das mensagens do Evangelho e do bem universal.
“Afeto é a seiva vitalizadora dos processos relacionais e o construtor de sentidos nobres para a existência dos homens.”

Comportamentos que serão efetivos roteiros de apoio no processo auto transformador:

1)      Postura de Aprendiz – nunca perder o interesse pelo novo, pelo desconhecido. Nunca perder a curiosidade, pois sempre há algo novo para aprender.
2)      Observação de si mesmo – é o estudo de nosso mundo, nossas emoções, não julgamento e auto-avaliação constante.
3)      Renúncia – mudança íntima requer mudança de ambientes e costumes, opiniões pessoais, valores institucionais. Deixar o orgulho de lado.
4)      Aceitação da sombra – aceitar a nossa realidade, não destruir o que fomos e sim dar nova direção ao que conquistamos, inclusive aos erros.
5)      Auto perdão – a aceitação, para ser plena, precisa do perdão. Recomeço é a palavra de ordem para a transformação pessoal.
6)      Cumplicidade com a decisão de crescer – crescimento exige devoção, é serviço diário, onde estivermos. Assumir seriamente o compromisso de mudança, pois somente com severidade e muita disciplina vamos construir o homem novo.
7)      Vigilância – cuidar da vida mental, higiene dos pensamentos, hábito de boas leituras, conversas e ações sociais.
8)      Oração – é a terapia da mente. É a través da oração que despertamos na intimidade forças nobres que se encontram adormecidas.
9)      Trabalho – “toda ocupação útil é trabalho”
10)   Tolerância – Há tempo para tudo e tudo tem seu momento
11)  Amor incondicional – o auto-amor é o maior desafio de quem assume o compromisso da reforma íntima, pois temos uma tendência a desgostar da nossa história.
12)  Socialização – o contato com outras pessoas é um remédio contra o personalismo e a vaidade. É um treinamento para aquisição de novos impulsos.
13)  Caridade – abençoada escola de afeto e revitalização dos ensinamentos espíritas
 
Verificamos um exemplo de rara beleza e oportunidade que servirá como diretriz segura para a “despersonificação” dos servidores do Cristo, na obra do amor: Ananias, o apóstolo chamado para curar os olhos do Doutor de Tarso. Quando o Mestre o chama pelo nome, o colaborador humilde, com prontidão e livre dos interesses pessoais, responde sadiamente: “Eis-me aqui Senhor!”
O nome dessa virtude no dicionário cristão é disponibilidade para servir e aprender, o programa ético mais completo e eficaz para quantos desejam a auto-iluminação.

25 de novembro de 2010

Cada pessoa

Cada pessoa
é aquilo que crê;
fala do que gosta;
retém o que procura;
ensina o que aprende;
tem o que dá.
E vale o que faz.

Sempre fácil, portanto, 
para cada um de nós
reconhecer
os esquemas de vivência
em que nos colocamos.

(Emmanuel)

O amor da gente

 
O amor da gente é como um grão
Uma semente de ilusão
Tem que morrer pra germinar, plantar nalgum lugar
Ressuscitar no chão nossa semeadura
 
Nossa caminhadura
Dura caminhada pela noite escura
 
Deus sabe a minha confissão, não há o que perdoar
Por isso mesmo é que há de haver mais compaixão
Quem poderá fazer aquele amor morrer
Se o amor é como um grão!
 
(trechos da música Drão de Gilberto Gil) 
 
Música que inspira o meu momento e me deixa mais feliz!

23 de novembro de 2010

Para pensar - 13

"Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; 

algumas por algum tempo; 

mas não consegue enganar a todas por todo o tempo."

(Abraham Lincoln) 

Pra você guardei o amor



Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que aprendi vem dos meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar

Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar


(Pra você guardei o meu amor - Letra: Nando Reis - Cantando: Nando Reis e Ana Canãs)

5 de novembro de 2010

Assim é a vida...


A semeadura é livre. A colheita é obrigatória!!!

Sempre...

Meditação de Ação de Graças pela Crise

Bendita Crise:

Que sacudiu minha vida e que está reciclando tudo

Que veio tirar minha ilusão de permanência, que vai trazer evolução

Que vai fazer o mundo se reestruturar, que traz a transformação

Que vai me ensinar o que é verdadeiramente importante, que é um desafio

Que vai me revelar a minha sabedoria, que dissolve meus apegos

Que vai ampliar minha visão, que me faz humilde

Que vai abrir meu coração, que me traz a confiança

Que vai me mostrar outras oportunidades, que me faz dar mais importância à vida

Que me tirou do marasmo, que leva a um novo paradigma

Que está me mostrando a luz, que me fez voltar a ter fé

Que traz de volta a aventura de viver, que é o ponto de mutação

Que me traz de volta o amor pela humanidade

(Mirna Grzich)