24 de maio de 2010

Sorte e Azar

Semana passada um ex-namorado e hoje amigo me disse que teve sorte e azar em me conhecer:

- Sorte porque me conheceu.
- Azar porque, na época, ele era jovem e imaturo demais. E que eu me transformei numa mulher e tanto.

Enfim, nossas vidas tomaram outro rumo.

Um outro amigo e não ex-namorado me disse que uma mulher como eu sozinha é como uma nota de R$ 100,0 na Rua 13 de Maio (movimentada rua no centrão de Campinas).

Queridos: meu ego agradece...

3 comentários:

Paula Nigro disse...

snif! snif!
Sumidas nós!!!
Beijo sentindo falta dos nossos papos...
:0(

Anônimo disse...

Credo! Que ser convencido!

Ana Paula Britto disse...

Não sou convencida não! Nananinanão...rs...
Me sinto, sim, lisonjeada por ter amigos tão queridos!
Até mais