29 de outubro de 2009

Eu não tenho medo de viver

Bom...depois de um post florido a vida me dá sinais de que nem tudo são flores.
Essa semana duas bombas caíram na minha vida e eu estou tentando resolvê-las da melhor maneira possível.

Daí, que hoje ao acordar tenho uma daquelas crises de choro-desabafo-comigo-mesma. Choro de gente grande, de soluçar, fazer barulho, enfim...tudo isso porque achei que não vou dar conta do recado. E eu começo a conversar com Deus. Mas não aquela conversa do tipo: " Deus, por que comigo?" ou "Deus, que fiz para merecer?"

Para minha surpresa, eu resolvo assumir a minha escolha e condição de espírita e converso de uma forma legal com Deus :

"Deus, ok, tenho esses problemas, preciso resolvê-los e confio cegamente em tudo o que aprendo na Doutrina. Não vou me revoltar e nem achar que sou a última ovelha a ser olhada. Então, será que o Senhor pode, por favor, apenas me dar força e luz para iluminar meus pensamentos para que eu possa resolver esses problemas? Eu aceito minha vida e o que está por vir."

Aí sim, consegui levantar da cama da qual não queria sair, feliz da vida, respirei fundo e disse para mim mesma: "Obrigada meu Deus!! Isso tudo me faz sentir viva e tem um mundo lá fora para ser vivido me esperando. Olha só como o dia está lindo!!! Minha flores continuam coloridas e inteiras, não murcharam."

E eu, que já tinha sentido isso no início da semana, sinto agora com força ainda maior:

EU NÃO TENHO MEDO DE VIVER

Nenhum comentário: