6 de abril de 2009

Tudo novo de novo

Adoro usar música para demonstrar meu estado de espírito. A música tem e sempre teve participação forte na minha vida. Sempre ouvi MPB e boleros quando pequena em casa, depois vieram as aulas de música clássica no ballet pois a professora dizia que precisávamos conhecer a música para poder dançar. E as aulas de piano, primeiro forçadas pela minha mãe e depois por livre e espontânea vontade e aí ocorreu a evolução. Hoje eu canto no Coral de Campinas. Sempre rodeada pela música...

E essa música do Paulinho Moska é uma delícia: letra e melodia.

E, para variar, é tudo novo de novo na minha vida...(pelo menos para uma parte da minha vida!)
Vamos começar
Colocando um ponto final
Pelo menos já é um sinal
De que tudo na vida tem fim

Vamos acordar
Hoje tem um sol diferente no céu
Gargalhando no seu carrossel
Gritando nada é tão triste assim

É tudo novo de novo
Vamos nos jogar onde já caímos
Tudo novo de novo
Vamos mergulhar do alto onde subimos

Vamos celebrar
Nossa própria maneira de ser
Essa luz que acabou de nascer
Quando aquela de trás apagou

E vamos terminar
Inventando uma nova canção
Nem que seja uma outra versão
Pra tentar entender que acabou

Mas é tudo novo de novo
Vamos nos jogar onde já caímos
Tudo novo de novo
Vamos mergulhar do alto onde subimos

(Paulinho Moska)

Nenhum comentário: