29 de novembro de 2008

Para pensar - 3

Programação

De trabalho no presente;
De serviço aos semelhantes;
De confiança no futuro;
De pensamento no Bem;
Da fidelidade ao dever;
Do cultivo da amizade;
Do exercício de paciência;
Da prática da bondade;
Do culto da gratidão;
Do devotamento ao estudo;
Deus Todo-Sábio nos ajude a lembrar

De provações passadas;
De lágrimas vencidas;
Da tendência ao desânimo;
Do amigo que desertou;
Do adversário gratuito;
Do problema superado;
Da injúria sofrida;
Do encontro infeliz;
Da indução à censura;
Do verbo inútil;
Do tempo vago;
Deus Todo-Misericordioso nos ajude a esquecer.

(André Luiz/Chico Xavier - "Respostas da Vida" - capítulo 5)

Tentantivas

Tentativas na esperança de viver melhor e fazer um mundo melhor ao meu redor:

- Tentando sorrir em meio ao caos;
- Precisando trocar a roupa que não me serve mais pois está pequena e me deixando claustrofóbica;
- Deixar o que passou lá atrás...bem lá atrás porque hoje eu já não sou a mesma pessoa de ontem;
- Aproveitar o final do ano, quando as idéias de renovação estão borbulhando, e trocar o carro, a casa, o trabalho, a vida;
- Dar um tempo nos pensamentos; pensar demais às vezes atrapalha, cansa e muitas vezes não nos leva à lugar nenhum (parafraseando minha amiga Mirella);
- Fazer cara de paisagem e não ligar a mínima, ou exercitar meu lado Madre Tereza e perdoar, quando falam e fazem um monte de asneiras e eu me chateio;
- Assumir, de uma vez por todas, o meu lado frágil pois a Mulher-Maravilha só não se quebra ao meio nos filmes;
- Chorar e dormir quando tiver vontade ou se fizer necessário.

Tentativas.

25 de novembro de 2008

História da Águia


O texto abaixo foi dado aos pais hoje na última reunião da escola do meu filho caçula.

História da Águia
A águia empurra gentilmente seus filhotes para a beirada do ninho. Seu coração maternal se acelera com as emoções conflitantes, ao mesmo tempo em que ela sente a resistência dos filhotes aos seus persistentes cutucões:
"Porquê a emoção de voar tem que começar com o medo de cair?", ela pensou. Esta questão secular ainda não estava respondida para ela...
Como manda a tradição da espécie, o ninho estava localizado bem no alto de um pico rochoso; abaixo dele, apenas o abismo e o ar para sustentar as asas dos filhotes.
"E se justamente agora isto não funcionar?", ela pensou.
Apesar do medo, a águia sabia que aquele era o momento. Sua missão maternal estava prestes a se completar. Restava ainda uma tarefa final...o empurrão.
A águia tomou-se da coragem que vinha de sua sabedoria interior. Enquanto os filhotes não descobrirem suas asas, não haverá propósito para a sua vida. Enquanto não aprenderem a voar, não compreenderão o privilégio que é nascer uma águia. O empurrão era o maior presente que ela poderia oferecer-lhes. Era seu supremo ato de amor. E então, um a um, ela os precipitou para o abismo...e eles voaram!!!
(Extraído do livro "Qualidade começa em mim" - Dr. Tom Chung)

Lindo...

E eu pergunto:
"Porquê a emoção de voar tem que começar com o medo de cair?"
Porquê a emoção de amar tem que começar com o medo de doer?
Porquê a emoção de tentar tem que começar com o medo de fracassar?

Porquês?


20 de novembro de 2008

Feriado? Onde?


Quem disse que eu consegui não trabalhar no feriado?? Meu telefone tocou às 8:21h e não parou mais...

Brasil, meu Brasil brasileiro...vamos organizar essa zona? Ou se faz um feriado onde todas as cidades aderem ou não se faz feriado algum.

Vamos lá!!! O dever me chama.

19 de novembro de 2008

Freud


Quarta-feira é dia de terapia. E hoje foi dia de terapia intensiva.
Falei para minha psicóloga que Freud deve estar revirando no túmulo por ter perdido uma paciente tão rica como eu. Rica em neuroses, claro. Rimos muito, eu e ela. E mesmo sendo dolorida como foi no dia de hoje eu ainda acredito muito na terapia pois é uma super ferramenta de auto-conhecimento. Como as coisas ficam mais claras, mas não mais fáceis de entender e aceitar, quando se percebe o porquê de nossas ações!!!
Como a possibilidade de nascer de novo para consertar algumas coisas não vai rolar, então o melhor é relaxar...e experimentar... e viver...e acertar...e errar...e aprender com os erros...
Não tem jeito...

Quarta-feira com sabor de delícia. Fui comprar os presentes da minha criança adotada para o Natal. Me esbaldei!!! Comprei como se fosse para meu filho. Cheguei até a me emocionar só de imaginar o rosto dele.

Amanhã é feriado, dia de acordar mais tarde e não ter hora para fazer nada. Aí vai ser quinta-feira com sabor de delícia. Por que a sexta-feira vai passar voando. Depois vem o tão abençoado final de semana.

Que delícia!!!

17 de novembro de 2008

Para pensar - 2

"Você jamais chegará aos cristais sem passar pelo barro."
(Gilberto Freire)

Assim eu espero...

7 de novembro de 2008

Cansei!!!

Estou extremamente injuriada com a vida hoje. Hoje não tem essa história de aceitar a vida como ela é. Porque hoje eu não aceito e pronto!

O dia ontem foi lastimável. Tomo um susto logo pela manhã na estrada, pneus implorando suas trocas. Depois recebo o telefonema do meu chefe me passando um "pito", só para variar. Em seguida fazer e montar um sem número de orçamentos para clientes e enviá-los. Enquanto isso, pesquisava sobre pneus: modelos, marcas, preços, enfim...tudo o que diz respeito a troca de pneus.
Como ontem meu namorado se encontrava ausente pensei em fazer algo diferente: ir na Saraiva ler um livro que estou namorando, caminhar na Lagoa (choveu alucinadamente!), alugar um filme bem dramático para chorar até secar. Acabei não fazendo nada disso. O que fiz? Fui atrás de pneus às 19h em plena 5ªfeira. Cheguei em casa às 21h ainda com um relatório a fazer e enviar para a empresa. Pensei: "ainda consigo assistir a Grande Família com pipoca e, quem sabe, rir um pouco". Mas eu estava tão cansada ou de saco cheio que nem consegui rir.
Fui dormir. Mas não consegui, acordei várias vezes durante a noite. Pensei em levantar e escrever de madrugada. Mas resolvi insistir. Acho que me incomodei um pouco com o fato de dormir sozinha especialmente nessa noite que precisava de colo. Resumindo: uma m.... geral.

Cansei!!! Cansei de ter que ser super: super mãe, super profissional, super mulher, super homem (sim, pois tenho que entender do universo masculino e falar com homens como se fosse um deles: 4 Rodas, mecânico, pneu para estrada, cidade, chuva, peso...ahhhhhhh), super ser-humano, super amiga, super compreensiva, super legal, e ainda ter que sorrir.
À P.Q.P. tudo isso!!!!! Não estou a fim de ser legal e simpática.

Hoje acordo cedo com um super sono o qual vou arrastar até conseguir dormir um pouco. Retomo o assunto dos pneus. Recebo um e-mail do chefe com outro "pito". Mais orçamentos para fazer, e-mails para responder, relatórios sem fim. Às vezes penso que meu trabalho se resume à insignificância de fazer e enviar relatórios todos os dias. E aumenta minha vontade enorme de mandar a p.... toda para a casa do c.... e sumir!!

Imploro o fim do dia para iniciar o final de semana. Doce ilusão, pois tudo fica em standby...
E o final de semana promete ser divertido (pelo menos isso!!!): tem trabalho voluntário, perspectiva de passeios e o show da Bebel Gilberto.
E aí, mais uma vez, eu imploro que esses momentos se congelem e eu não tenha que retomar tudo de novo na 2ª feira...

6 de novembro de 2008

Conhecimento x Sabedoria

Recebi um e-mail de uma amiga com anexo de uma apresentação de Power Point qualquer. Mas o que me chamou a atenção foi uma frase no corpo do e-mail. Dizia o seguinte:

"Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a contruir uma vida." (autor deconhecido)

Então, pensando cá com meus botões, o grande barato é mesmo distinguir os dois e trabalhar arduamente para possuir os dois.

4 de novembro de 2008

Mensagem dos Astros


Início de Novembro indica final de ano chegando. Natal, pedidos e promessas para o Ano Novo e o balanço do Ano que chega ao fim. E me fica a sensação de que sai ano, entra ano as coisas são exatamente iguais. Quem precisa mudar sou eu!

Abro meu horóscopo hoje e a mensagem pula na frente dos meus olhos, quase berrando:


"O novo pede passagem e você pode neste momento dar os passos necessários e sair de um lugar indefinido e incerto que a vida colocou você durante este ano. Dê o passo necessário sem medo de errar, pois esse medo faz com que você paralise e não tome nenhuma atitude. O momento pede ação."


Aja Ana Paula, aja...