24 de agosto de 2008

Alimentação saudável: eu sou o que eu como.



Eu acho super engraçada a reação das pessoas quando digo que sou vegetariana. Sempre me perguntam: "se não come carne, o que você come então?" "Como assim, o que eu como?", eu respondo à pergunta. Penso que a minha indignação é maior...

Tudo começou quando eu descobri que a causa das minhas terríveis dores de cabeça eram resultado da minha ingestão de carne. E acabei descobrindo por acaso. Juntamente com a decisão de não comer mais nenhum tipo de carne, decidi também parar de fumar e de beber bebidas alcoólicas. Posso dizer sem medo que foi uma das melhores coisas que eu fiz por mim e minha família!

No começo, a adaptação. A gente começa a separar os restaurantes e a compra no supermercado passa por uma mudança. As receitas guardadas por anos são substituídas por outras novas. Os sabores vão mudando. Afinal, é preciso descobrir todas as opções de combinação de verduras, legumes, grãos, temperos. Hummm...que descoberta deliciosa!!! Já repararam na quantidade de cores dos alimentos? Tons de amarelos, vermelhos, verdes, roxos, liláses, marrons...um verdadeiro arco-íris. Imagine o que essas cores e sabores fazem dentro do seu organismo.

Depois vem a mudança do corpo. A digestão é muito mais rápida; a pele, os cabelos ficam mais gostosos ao toque, a transpiração também muda. E, no meu caso, consegui manter o peso sem o eterno efeito sanfona.

Hoje, depois de 2 anos e meio, está bem mais fácil e natural. Freqüento qualquer restaurante, churrasco com amigos sem medo de ser feliz pois existem várias opções de alimentos sem carne. Os meus filhos, aos poucos, sem imposição nenhuma da minha parte estão preferindo os alimentos mais saudáveis.

Eu adquiri a consciência de que devo tratar bem o meu corpo com uma alimentação saudável, muita água e exercícios. Bom...no que diz respeito aos exercícios eu preciso me disciplinar mais, ando um tanto preguiçosa...Mas eu chego lá!

Sem nenhuma apologia ao vegetarianismo: cada um deve encontrar o seu equilíbrio. Penso que o equilíbrio é que precisa estar presente em todos os setores de nossa vida.

Bom apetite!

Nenhum comentário: